Notícias

29.07
Chegou ao fim a 5ª Copa Inter-Advogados Bonnjur

Sucumbência Recíproca e Vacatio Legis disputaram no último sábado (26/julho), a grande final da 5ª Copa Inter-Advogados Bonnjur. A competição que teve início em Abril, contou com 8 equipes na disputa em dois turnos. No primeiro turno o Sucumbência foi campeão, já no segundo o título ficou com o Vacatio, forçando o jogo decisivo entre as duas equipes.

imageximage

Na grande final não havia favoritismo, e era esperado um jogo muito equilibrado. Os destaques de cada equipe tinham características diferentes. Do lado do SR o artilheiro Carlos Rosa, com 26 gols marcados na competição era a principal arma da equipe, ali próximo ao gol não dava pra vacilar que ele guardava. Pelo VL, o principal destaque estava por conta de Fernando Betiol, que se integrou à equipe na metade da competição e arrumou o meio campo do time, organizando tanto a parte ofensiva quanto a defensiva, e ainda fazendo muitos gols.

 imageimageimage

O primeiro tempo da final mostrou o equilíbrio esperado, algumas chances de ambos os lados mas ninguém marcou, 0x0. No início do segundo tempo, o Vacatio abriu o placar com Lucas Porto logo aos 2min. O Sucumbência reagiu aos 14min com Paulo Junior, mas Fernando Betiol aos 17 colocou o Vacatio novamente em vantagem e com uma mão na Taça. O jogo seguiu eletrizante, com mais faltas e mais cartões, porém o SR não conseguiu o empate e o título ficou com o Vacatio Legis.

image

Ficha Técnica:

Sucumbência: André, Carlos Ferraz, Carlos Rosa, Cleverson, Gioser, José Maria, Marcelo, Paulo Junior, Rodolfo, Saulo, Thadeo.

Vacatio: Bruno Gofman, Conrad, Eduardo Richard, Eduardo Sprada, Fernando Carneiro, Fernando Betiol, Gabriel, Guilherme Dias, João, Leonardo, Lucas, Luiz, Otávio, Thiago, Vinicius.

Árbitro: Wilson Junior. Coordenador e fotografias: Anderson Gaspar.

 

Na decisão de terceiro lugar, outro jogo muito equilibrado em Habeas Canas e T.I.N.S. No primeiro tempo o TINS abriu o placar com Mario, e contando com boas defesas do goleiro Maurício segurou o resultado. Aos 9min do segundo tempo, Caio, artilheiro do HC, empatou, e a decisão acabou indo para os pênaltis. Nas penalidades acabou brilhando a estrela do goleiro improvisado Juliano, do HC, que defendeu uma cobrança e viu seus companheiros converterem, garantindo o terceiro lugar com 3x1 nas penalidades.

image

Parabéns à todos os participantes.